Centro Médico: Seg. a Sex. - 07 às 18h | Sábados - 07 às 13h

Pronto Atendimento: Seg. a Sex. - 08 às 22h | Sáb., Dom. e Feriados - 08 às 20h

Blog

Impotência sexual masculina: o que é, causas e como tratar

 

A disfunção erétil nunca vem sozinha. Ela é um sintoma de que algo não está em perfeito funcionamento no corpo ou na mente do homem. Pode ser apenas excesso de trabalho, por exemplo. Mas também pode significar uma doença que ainda não foi diagnosticada.

A verdade é que a qualidade da ereção diz muito sobre a saúde e o estilo de vida.

Este problema pode acontecer em homens de qualquer idade e muitas vezes está relacionada com hábitos, como consumo de drogas, cigarro e estresse excessivo. Apesar da disfunção muitas vezes ser relacionada com o envelhecimento, muitos dos homens que possuem idade mais avançada nunca tiveram problemas de ereção e, por isso, a idade é apenas considerada um fator de risco, não sendo necessariamente uma causa.

Para fazer o diagnóstico da disfunção erétil é muito importante consultar um urologista, que irá avaliar o histórico de saúde do homem e pedir alguns exames. Depois de confirmado o diagnóstico, é iniciado o tratamento que pode variar de um homem para o outro.

 

O que causa a disfunção erétil?

A impotência sexual é desencadeada por fatores físicos e psicológicos. Nos casos mais severos costuma ser a soma dos dois fatores, o agrava o problema.

Entre as causas físicas ou orgânicas estão: problemas vasculares e circulatórios, intervenções cirúrgicas na região pélvica, doenças nervosas, doenças crônicas (diabetes, hipertensão, insuficiência renal), desequilíbrios hormonais (queda da taxa de testosterona), efeitos colaterais de remédios, colesterol alto, excesso de álcool e tabagismo.

Quando a cabeça de cima não está bem, a de baixo também pode falhar. Entre as causas psicológicas estão a depressão, ansiedade, estresse, cansaço, sensação de culpa, timidez, baixa autoestima, conflitos de identidade sexual.

 

Qual médico procurar em caso de impotência?

O urologista do Centro Médico Dr. José Carlos é o profissional especializado em saúde sexual masculina. Além da disfunção erétil, o urologista pode tratar de outras disfunções sexuais, como a perda da libido, ejaculação precoce, ou retardada e incapacidade de ejacular.

 

Principais sintomas

O principal sintoma indicativo de disfunção erétil é a dificuldade para ter ou manter uma ereção. No entanto, também podem surgir outros sintomas como:

  • Ereção menos rígida e mais flácida;
  • Maior necessidade de concentração e tempo para conseguir a ereção;
  • Redução do interesse sexual;
  • Ejaculação rápida ou precoce.

Além disso, existem casos em que o homem consegue ter uma ereção, mas não durante a relação sexual e, por isso, embora consiga ter ereção pode significar que sofre de disfunção erétil.

 

Como é feito o tratamento

A disfunção erétil pode ser tratada de diferentes formas, pois o tratamento depende da causa, no entanto, algumas das opções de tratamento mais usadas incluem: remédios, terapia de reposição com hormônios, uso de aparelhos de vácuo e cirurgia para implantação de próteses.

 

Fontes: Tua Saúde, GQ Globo

Últimos Posts

© 2020 - Grupo Médico JC - Todos os direitos reservados. | Responsável Técnico: Grazielle Carvalho - CRM: 20565